• Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

CEANNE

Centro Avançado de

Neurologia e Neurocirurgia

CEANNE PORTO ALEGRE

Rua Vicente da Fontoura | 2352 | 704

Porto Alegre, RS

CEP: 90.640-003

Bairro Rio Branco

+55 51 3276-7818

Atendimento das 9h às 17h

com Jandira Klein, Beatriz Wolf ou Willian Brum

O uso da Telemedicina para salvar vidas

31/05/2018

Tendo em vista que o acidente vascular cerebral (AVC) é a segunda principal causa de mortes no Brasil e no mundo, O Ceanne (Centro Avançado de Neurologia e Neurocirurgia) apresenta o programa de Telemedicina desenvolvido pela empresa. O sistema pioneiro no Brasil possibilita que mais pessoas tenham acesso a profissionais especializados em neurologia a baixo custo para a instituição de saúde. Para o paciente, isto se reflete no atendimento rápido e capaz de reduzir até zero as chances de sequelas.

 

A telemedicina se faz uma grande aliada na melhoria da qualidade dos serviços médicos. Através do programa é possível, por de teleconferência, que o paciente, mesmo estando em alguma cidade do interior seja observado e receba o diagnóstico de um especialista do Ceanne em Porto Alegre. Entre os objetivos do programa estão: levar aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) atendimentos com tecnologia de ponta, custo mais baixo que profissionais em plantão presencial 24 horas e o convite para que gestores repensem o modelo de saúde utilizado atualmente. O programa existe há dois anos e municípios como Viamão, São Leopoldo e Santo Ângelo já contam com este tipo de atendimento.

 

Ao iniciar o programa de Telemedicina na cidade, o Ceanne se responsabiliza por todos os profissionais que estarão envolvidos no atendimento do paciente ao chegar na emergência. Este processo dura dois dias. Também são instalados na unidade de saúde equipamentos de última tecnologia para garantir o contato rápido e preciso com o médico que estará em plantão na capital. Em Porto Alegre os profissionais ficam no Hospital Moinhos de Vento e o atendimento acontece junto ao médico emergencista do interior.

 

Fernando Pisa, gestor de telemedicina do Ceanne, salienta que atualmente 85% dos casos de AVC são isquêmicos, quando acontece o entupimento da artéria, e os outros 15% são hemorrágicos, neste caso, ocorre o rompimento da artéria. “Quando a causa é o entupimento, é possível o tratamento com medicação, porém o atendimento precisa ser feito em até quatro horas e meia após os primeiros sintomas”, explica Pisa. Esse tempo, se não existir um profissional especializado em neurologia na instituição pode-se estender e a demora do diagnóstico preciso acarreta em maiores sequelas para o paciente ou aumenta a possibilidade de óbito. O projeto de telemedicina vem atuar nestes casos em que se é necessário o atendimento ágil e de qualidade.

Please reload

Please reload

Destaque

Como funciona a Teleneurologia CEANNE, Telemedicina para AVC

May 31, 2018

1/10
Please reload

Recentes
Arquivo
Please reload

Tags
Please reload